Ciclo menstrual desregulado: O que pode significar? Especialista explica

Pequenas variações são naturais, mas se forem muito frequentes podem indicar doenças, afirma o especialista em ginecologia e obstetrícia, Dr. Alexandre Silva e Silva

A menstruação é um processo natural na vida da mulher. Ela ocorre quando o óvulo não fertilizado, junto com o revestimento uterino preparado para uma possível gravidez, é expelido do corpo. Além de indicar a fertilidade, o ciclo menstrual é uma parte integral da saúde feminina, influenciando o bem-estar físico e emocional ao longo da vida.

No entanto, em alguns casos, o ciclo menstrual, que costuma durar de 2 a 7 dias, pode sofrer alterações e ficar desregulado. Essa situação pode indicar uma série de problemas de saúde, por isso, é importante ficar atento.

Ciclo menstrual desregulado é doença?

De acordo com o especialista em ginecologia e obstetrícia, Dr. Alexandre Silva e Silva, pequenas variações no ciclo menstrual são comuns, mas a recorrência da alteração pode ser indicativo de algumas doenças.

Nem todas as mulheres têm um ciclo menstrual regular, é natural que ocorram pequenas variações no ciclo, no entanto, quando elas se tornam cada vez maiores e mais habituais, podem estar indicando alguma doença”.

O ciclo menstrual considerado normal dura entre 21 e 35 dias, variações muito grandes nesse período são consideradas anormais.

O que pode causar a menstruação irregular?

Cada caso deve ser analisado particularmente por um especialista pois existem inúmeras situações com esse sintoma, podendo ser causado pela presença de miomas, pelo uso de contraceptivos, adenomiose, pólipo e até mesmo disfunções da tireoide. Consultar seu médico e saber exatamente o que está causando alterações é fundamental para direcionar melhor o tratamento”, ressalta Dr. Alexandre Silva e Silva.

Sobre o Dr. Alexandre Silva e Silva
O Dr. Alexandre Silva e Silva, se formou em 1995 na Faculdade de Ciências Médicas de Santos em medicina. Sua especialização é em Cirurgia Minimamente Invasiva e Cirurgia Robótica. Além disso, possui certificação em cirurgia robótica em 2007 no Hospital Metodista de Houston. Certificação em cirurgia robótica single site em 2016 em Atlanta. É mestre em ciências pela Universidade de São Paulo em 2019 e foi pioneiro em cirurgia minimamente invasiva a partir do ano de 1998, dando aulas de vídeo cirurgia desde então. É referência em videolaparoscopia e cirurgia robótica.

NOTÍCIAS
MAIS LIDAS

Considerada a segunda doença mais frequente entre mulheres na sua fase reprodutiva, endometriose pode levar até sete…
Uma em cada dez mulheres no mundo podem sofrer com o problema de saúde De acordo com…
O principal cuidado em relação aos miomas é a realização de exames periódicos, afirma o  especialista em…
Diante do crescimento alarmante dos casos e mortes em 2024, a especialista do Hospital Digital Vitta, do…

CADASTRE-SE PARA RECEBER NOSSA NEWSLETTER E REVISTAS