Conscientização de empresas sobre benefícios de saúde reprodutiva cresce em 2023

*Cecille Felippi, gerente de marketing da Nilo Frantz Medicina Reprodutiva

Um dos assuntos que agitaram o ano de 2023, foi sobre o congelamento de óvulos se tornar disponível como benefício fornecido pelas empresas brasileiras. A prática está ganhando cada vez mais adeptos no Brasil e no mundo, e tende a continuar crescendo no ano de 2024.

Grandes empresas estão incorporando o procedimento oferecendo descontos de até 75% no valor do tratamento, entre alguns nomes, estão o Mercado Livre, a Meta, o Fleury e a Merck, que recentemente fechou uma parceria com a Nilo Frantz para colaboradoras na região sul.

Para quem não sabe, o congelamento de óvulos é um tratamento de reprodução humana que visa preservar a fertilidade feminina, já que naturalmente as mulheres possuem uma reserva ovariana limitada que começa a ter escassez e perder sua qualidade, por volta dos 35 anos de vida.

E esse tratamento está se tornando cada vez mais procurado, levando em conta que as mulheres estão buscando engravidar cada vez mais tarde. Dados do IBGE divulgados em 2021 apontam que cerca de 63% da taxa de nascimento era de mães que tinham entre 35 a 39 anos. Os motivos para isso podem ser inúmeros, como por exemplo a independência feminina, aumento de mulheres no mercado de trabalho, busca por melhor condição acadêmica, estabilidade financeira, entre outros.

Também nos últimos anos, as práticas de ESG passaram a se tornar ainda mais presentes nas empresas, visando fortalecer o desempenho social e sustentável das organizações. Desta forma, muitas organizações passaram a olhar com mais cuidado para ações que poderiam trazer benefícios às suas instituições e aos colaboradores que se adequassem aos valores oferecidos por cada empresa.

Entre algumas práticas que estiveram em evidência além do congelamento, foram os descontos para outros tratamentos reprodutivos, licença paternidade estendida, práticas de bem-estar e mais flexibilidade.

Mas, muito além de trazer os benefícios de tratamentos reprodutivos, é preciso que a essência da empresa busque se importar de fato com a fertilidade e até mesmo com a infertilidade de seus colaboradores. Ter ou não um filho é um assunto que mexe com o emocional de um colaborador, afinal, muitas mulheres adiam a maternidade por medo de perder espaço profissional ou então um colaborador no processo de tentar ter um filho descobre algum problema de fertilidade, o que causa muitas vezes pânico por falta de informação.

Como forma de contribuir dentro das empresas para trazer mais informações às instituições e colaboradores sobre fertilidade e tratamentos reprodutivos, a Nilo Frantz Medicina Reprodutiva lançou o projeto Carreira Fértil, com o intuito de levar por meio de palestras e de forma gratuita o conhecimento sobre o que é Congelamento de Óvulos e como a ciência pode dar suporte à escolha da maternidade, sem que elas dependam do tempo de seus relógios biológicos.

É importante que a mulher possa ter controle das suas escolhas e o congelamento de óvulos pode ser uma possibilidade, sem deixar de lado os demais sonhos que vão além da maternidade.

A tendência é que a mulher continue garantindo ainda mais espaços no mercado, sem precisar abdicar de seus objetivos maternos. É preciso que a informação seja cada vez mais difundida e que cada vez mais empresas abracem a ideia.

NOTÍCIAS
MAIS LIDAS

Considerada a segunda doença mais frequente entre mulheres na sua fase reprodutiva, endometriose pode levar até sete…
Uma em cada dez mulheres no mundo podem sofrer com o problema de saúde De acordo com…
O principal cuidado em relação aos miomas é a realização de exames periódicos, afirma o  especialista em…
Diante do crescimento alarmante dos casos e mortes em 2024, a especialista do Hospital Digital Vitta, do…

CADASTRE-SE PARA RECEBER NOSSA NEWSLETTER E REVISTAS