FIVA nasce do sonho de uma tentante em ajudar outras mulheres que desejam ser mães

Plataforma reúne histórias e avaliações de clínicas feitas por mulheres que estão passando ou passaram por fertilização in vitro (FIV), com objetivo de apoiar e informar sobre essa técnica de reprodução assistida

Há pouco mais de um ano, Marianna Peretti, de 38 anos, decidiu se tornar mãe. No entanto, assim como ocorre com grande parte das mulheres, realizar esse sonho não foi tão simples e ela precisou recorrer ao método de fertilização in vitro (FIV).

Durante o processo, repleta de dúvidas, emoções, altos e baixos, pesquisava muito online buscando informações sobre clínicas, custos, etapas, sobre o que fazer, o que não fazer, o que evitar e como proceder. “Era um turbilhão de incertezas e emoções”, conta Marianna.

“No meio do processo me deparei com um grupo de WhatsApp de tentantes de FIV e percebi que não estava sozinha e que muitas mulheres passavam pelo mesmo processo que eu e com vontade de compartilhar suas histórias e experiências. No grupo encontrei apoio, acolhimento e informação sobre o assunto”, explica Marianna.

Em meio às várias etapas e processos, ela quis ajudar outras mulheres usando sua experiência e jornada, para que novas tentantes não precisassem recorrer a tantos lugares em busca de material sobre os melhores tratamentos indicados para reprodução assistida.

Foi assim que surge a Fiva, um espaço de troca, que reúne histórias, avaliações de clínicas e muitos esclarecimentos de tentantes e gestantes que estão no tratamento da fertilização in vitro (FIV) – visando apoiar e informar famílias que sonham em ter filhos.

Mulheres que têm o desejo de ser mães e recorrem à FIV para realizar esse sonho, nem sempre têm uma rede de apoio, o que é muito importante durante todo o processo. “Não é certeza de que tudo será fácil e que sairá como imaginamos. Por isso é primordial ter alguém ou algum lugar que te dê suporte”, diz Marianna.

Na plataforma, as pessoas podem contar suas histórias – inclusive anonimamente, se preferirem – avaliar clínicas, que podem ser pesquisadas por cidades ou fatores de complicação – e acompanhar o processo de outras tentantes.

“Na Fiva, você não se sente só e percebe que, o que acontece com você, ocorre com outras mulheres, além de aprender muitas coisas. Cada história ajuda os futuros pais e mães a passar com mais tranquilidade por essa técnica, no mundo da reprodução assistida, repleto de dúvidas, altos e baixos e muitas vezes solitário”, explica a empreendedora.

Para fazer parte da Fiva é muito fácil: a plataforma é gratuita, basta fazer um cadastro e o usuário passa a ter acesso aos conteúdos compartilhados e também pode relatar suas experiências com FIV, avaliar clínicas pelas quais já passou ou está em tratamento atualmente. Dessa forma, as tentantes compartilham entre si suas histórias e conhecimentos, ajudando outras novas tentantes.

Dados sobre fertilização in vitro (FIV)

Segundo pesquisa da ANVISA, quase 46 mil ciclos de FIV foram realizados em 2021, um aumento de 32% em relação a 2020. E, em 2020 e 2021, mais de 36 mil gestações clínicas foram alcançadas no país com as técnicas de reprodução humana assistida – de acordo com relatório do Sistema Nacional de Produção de Embriões (SisEmbrio).

Fiva

A Fiva é uma rede de apoio que consolida aprendizados positivos e negativos sobre reprodução humana, colaborando na realização do lindo sonho de ser mãe e pai. A Fiva traz histórias reais e avaliações clínicas para mulheres que fizeram ou estão em processo de fertilização in vitro (FIV) para ter o seu bebê. De tentante para tentante.

]Marianna Peretti

Fundadora da Fiva, Marianna é empresária, profissional de Vendas & Marketing, Desenvolvimento de Negócios e Empreendedorismo, com MBA pela IE Business School e tentante. Com 38 anos, a partir do seu desejo de ser mãe, passou a buscar informações sobre a fertilização in vitro (FIV) e criou a Fiva, justamente, pela vontade de compartilhar experiências, oferecer apoio e conhecimento para outras tentantes.

NOTÍCIAS
MAIS LIDAS

Uma em cada dez mulheres no mundo podem sofrer com o problema de saúde De acordo com…
O principal cuidado em relação aos miomas é a realização de exames periódicos, afirma o  especialista em…
Diante do crescimento alarmante dos casos e mortes em 2024, a especialista do Hospital Digital Vitta, do…
Médica da BP conscientiza sobre as características das doenças e os métodos preventivos mais comuns, que envolvem…

CADASTRE-SE PARA RECEBER NOSSA NEWSLETTER E REVISTAS