Independentemente de quem são ou de onde vieram, as mulheres podem gerar um impacto positivo na sociedade se quiserem

Independentemente de quem são ou de onde vieram, as mulheres podem gerar um impacto positivo na sociedade se quiserem

Por Viviã de Sousa @revistaevolution

Fabiana Saad é jornalista, palestrante, escritora e empreendedora social. Considerada uma das figuras femininas mais influentes no país, ela publicou, em 2016, o livro “Mulheres Positivas”, que reúne histórias de mulheres que fizeram de seu trabalho um instrumento de impacto social positivo e que, hoje, continuam inspirando outras a buscarem a autonomia, o desenvolvimento e a ascensão profissional.

“A ideia é fomentar o desenvolvimento profissional e pessoal da mulher. Lembrando que a ascensão dela só vai acontecer fora de casa se ela acontecer dentro de casa”, destaca Fabiana.

A publicação se estendeu a muitos outros projetos, como aplicativos para smartphones e programas para rádio e televisão. Mais recentemente, vem expandindo seus horizontes para outros países, como México, Colômbia, Espanha, Reino Unido e Estados Unidos, com o objetivo de promover o engajamento feminino a favor do desenvolvimento e do fortalecimento do papel da mulher na sociedade mundial.

“Quero proporcionar capacitação, desenvolvimento e estimular a ambição na mulher, para que ela possa ter a sua independência financeira e, assim, seguir seus sonhos e tomar as rédeas da própria vida”, acrescenta a jornalista.

Para ela, a mulher com qualificação profissional e munida de informação é capaz de contribuir muito mais com a sociedade e ajudar a solucionar vários problemas que atualmente afligem grande parte da população mundial. Fabiana compreende que as mulheres, em especial as mães, possuem uma missão muito nobre e precisam ser cada vez mais estimuladas e valorizadas.

Ter uma geração de mulheres capacitadas pode transformar o nosso país e o nosso mundo em um lugar cada vez melhor. Fabiana aprendeu com muitas mulheres que a inspiraram e, hoje, é a porta-voz de uma chama que cresce a cada empreendedora social que surge e ganha espaço na sociedade. Nesta entrevista concedida à Revista EVOLUTION, ela diz querer mostrar o exemplo e a força de mulheres invisíveis, mas que conseguem impactar significativamente a vida de muitas pessoas. Confira a entrevista na íntegra.

EVOLUTION – Para contextualizar, poderia falar um pouco mais sobre o trabalho que realiza e os principais projetos da sua trajetória profissional? Fabiana Saad – Eu tive alguns momentos especiais na minha trajetória, e um dos mais especiais foi quando lancei o meu segundo livro, intitulado “Mulheres Positivas”, que retrata a história de 21 mulheres que transformam suas vidas e a das pessoas por meio dos seus trabalhos. Cada uma delas é única e completamente diferente uma da outra. As histórias se passam em cenários distintos. O livro retrata desde a vida da filha da Dona Rute até a Dioné Ribeiro, que é a primeira geração de uma família a saber ler e escrever. A minha mensagem fundamental é falar para todas as mulheres que, independentemente de quem são ou de onde vieram, elas podem gerar um impacto positivo na sociedade se quiserem. Também tenho muito orgulho dos meus aplicativos; hoje, são sete sobre gestão: Mulheres Positivas, Mujeres Positívas, Band News, Band Esportes, Sex Privet, Agro Mais e Terra Viva, cada um com um conteúdo completamente diferente, que permite ir desde esportes, passando pelo agronegócio, até o desenvolvimento da mulher. Todos possuem conteúdo de altíssimo nível e estão disponíveis tanto para Android quanto para iOS.

EVOLUTION – Como nasceu o projeto “Mulheres Positivas”? Fabiana Saad – O “Mulheres Positivas” nasceu há cinco anos, com o lançamento do meu livro, e, hoje, tornou-se um portfólio de produtos. Tenho o aplicativo no Brasil, na América Latina, que é o “Mujeres Positívas”, que também estou lançando na Colômbia e no México, e, em breve será lançado para outros países, como Espanha. Há, também, o “Positive Women”, que foi lançado nos Estados Unidos e, agora, será lançado no Reino Unido. A ideia é fomentar o desenvolvimento profissional e pessoal da mulher. Lembrando que a ascensão da mulher só vai acontecer fora de casa se ela acontecer dentro de casa. Por meio do “Mulheres Positivas”, quero proporcionar capacitação e desenvolvimento, assim como estimular a ambição na mulher, para que ela possa ter a sua independência financeira, seguir seus sonhos e tomar as rédeas da sua própria vida.

EVOLUTION – Qual é a missão e quais são os principais desafios do “Mulheres Positivas”? Fabiana Saad – A minha missão e a deste projeto é o desenvolvimento pessoal e profissional da mulher. O meu maior desafio é conseguir transmitir essa mensagem ao maior número possível de mulheres, tanto no Brasil quanto fora do país. Por isso, eu faço parcerias com as operadoras telefônicas para que eu tenha mais distribuição e penetração na sociedade, impactando o máximo possível de vidas.

EVOLUTION – Como é ser considerada uma das mulheres mais poderosas do Brasil? Fabiana Saad – Bom, eu não sei exatamente o que significa ter ou não poder. Se “poder” é transformar a vida dessas mulheres positivamente, então eu fico muito feliz. A minha missão é impactar o maior número de mulheres, conseguir transformar a vida dessas pessoas, para que elas tenham um ganho de qualidade de vida, possam chegar na sua melhor versão, se desenvolver e ter sua independência financeira, intelectual e psicológica, e, assim, ganhem cada vez mais dignidade e respeito.

EVOLUTION – Qual a sua visão sobre a área de reprodução humana? Fabiana Saad – Se a mulher quer ser mãe, a tecnologia está aí para ajudar que isso aconteça. Eu acredito que cada um tem a possibilidade de escolher o que quer para a vida. Se a mulher quiser ser mãe, ótimo. Se não quiser, ótimo também! Desde que ela queira, que não seja uma imposição da sociedade, acho maravilhoso. E, se ela tem algum tipo de dificuldade, acredito que esses métodos existentes hoje são fantásticos. Sei que eles são, até certo ponto, inacessíveis para algumas classes sociais, mas eu entendo que, com a democratização da tecnologia, cada dia mais e mais mulheres terão acesso.

NOTÍCIAS
MAIS LIDAS

Considerada a segunda doença mais frequente entre mulheres na sua fase reprodutiva, endometriose pode levar até sete…
Uma em cada dez mulheres no mundo podem sofrer com o problema de saúde De acordo com…
O principal cuidado em relação aos miomas é a realização de exames periódicos, afirma o  especialista em…
Diante do crescimento alarmante dos casos e mortes em 2024, a especialista do Hospital Digital Vitta, do…

CADASTRE-SE PARA RECEBER NOSSA NEWSLETTER E REVISTAS