Julho Verde Escuro: o laço da conscientização sobre o câncer ginecológico

Vacinação contra o HPV é a principal ferramenta para prevenção do câncer de colo de útero

Julho Verde Escuro é o mês dedicado à conscientização sobre o câncer ginecológico, uma causa que busca alertar a população sobre a importância do diagnóstico precoce e da prevenção dessas doenças que afetam milhares de mulheres no Brasil e no estado do Paraná.

Tratar de assuntos tão sensíveis como o câncer ginecológico pode ser desafiador, mas é fundamental para disseminar informações precisas, combater mitos e incentivar a realização de exames regulares. O diálogo sobre a saúde da mulher deve ser constante e inclusivo, buscando romper tabus e garantir que todas tenham acesso a informações que possam salvar vidas. E é justamente isso que o IOP – Instituto de Oncologia do Paraná e seu corpo clínico fazem há 28 anos com excelência.

Para falar sobre esse assunto em destaque no mês de julho, o IOP traz a oncologista clínica Dra. Aline Vieira – CRM 33.978 e RQE 28.315. “De acordo com dados do Instituto Nacional de Câncer (INCA), o câncer de colo do útero é o terceiro tipo mais comum entre as mulheres no Brasil, e estima-se que sejam diagnosticados mais de 16 mil novos casos a cada ano. Já o câncer de ovário, embora menos frequente, é considerado um dos mais letais, muitas vezes diagnosticado em estágios avançados”, comenta a Dra.

No Paraná, a realidade não é diferente. Segundo informações da Secretaria de Saúde do estado, o câncer ginecológico é uma preocupação constante, sendo responsável por um número significativo de óbitos. Por isso, é fundamental que a população esteja informada e atenta aos sintomas, buscando ajuda médica assim que detectarem qualquer alteração em seu corpo.

A vacinação contra o HPV é a principal ferramenta para prevenção do câncer de colo de útero. “Ela está disponível no sistema público de saúde para meninos e meninas dos 09 aos 14 anos. Além disso, pessoas que já passaram desta idade também podem e devem se vacinar, porém, a vacina está disponível na rede privada nestes casos. Para aqueles que estão em algum tipo de tratamento imunossupressor ou possuem imunodeficiência, a vacina tetravalente contra o HPV também está disponível no SUS até os 45 anos. Neste ano, foi lançada a vacina novavalente, que combate 9 subtipos de HPV mais frequentemente associados ao desenvolvimento de neoplasia e está disponível na rede privada. Não deixem de se vacinar e vacinar seus filhos!”, orienta a especialista do IOP.

A campanha Julho Verde Escuro vem para fortalecer a conscientização e enfatizar a necessidade dos exames preventivos, como o Papanicolau, fundamentais para a detecção precoce dessas doenças. Quanto mais cedo o diagnóstico, maiores são as chances de tratamento bem-sucedido e de cura. Além disso, a campanha busca desconstruir estigmas e medos em relação aos exames ginecológicos, promovendo uma cultura de cuidado e autocuidado entre as mulheres. É importante lembrar que a prevenção é um ato de amor-próprio, e que cuidar da própria saúde é um gesto de cuidado para com aqueles que amamos.

Sobre o IOP – Instituto de Oncologia do Paraná:

Com quatro sedes estrategicamente localizadas em Curitiba (PR), o IOP (Instituto de Oncologia do Paraná) comemora seus 28 anos de fundação. Hoje a empresa faz parte de uma holding, o Grupo Med4U. Além do IOP, estão no guarda-chuva o Mantis Diagnósticos Avançados, o Valencis Centro de Paliativismo, o Centro de Pesquisas Clínicas IOP e o Oncoville, centro de radioterapia.

Destaques para a parceria com o Hospital Marcelino Champagnat, desde dezembro de 2021, assim como a parceria com o Hospital Albert Einstein, em São Paulo. Vale ressaltar que o IOP é a única clínica do sul do Brasil a fazer parte da Rede Einstein de Oncologia e Hematologia, para discussão de casos, troca de conhecimentos e encaminhamento de casos raros e mais complexos quando necessário.

Com 87 médicos no corpo clínico e 184 colaboradores, o IOP oferece os mais avançados tratamentos no câncer, conjugando Medicina de qualidade, tecnologia e humanização. Conta ainda com uma equipe multidisciplinar, incluindo Nutrição, Psicologia, Enfermagem e Farmácia para o enfrentamento positivo da doença. Os tratamentos de ponta ainda são beneficiados com diferenciais como cromoterapia, aromaterapia e musicoterapia.

NOTÍCIAS
MAIS LIDAS

Segundo José Todescan Júnior, membro da Sociedade Brasileira de Odontologia Estética, a adoção de uma rotina prática…
Além de palestras, edição contará com lançamento da campanha de prevenção à gravidez na adolescência e lançamento…
Ginecologista do CEJAM desmitifica o tema em entrevista A pílula do dia seguinte, um método contraceptivo de…
Especialista destaca a importância do planejamento reprodutivo em meio à crescente tendência de gravidez tardia Trinta e…

CADASTRE-SE PARA RECEBER NOSSA NEWSLETTER E REVISTAS