Maternidade independente: 7ª edição do Ninho Solidário beneficiará duas mulheres que sonham com a gestação

Mulheres com barreira financeira e que desejam realizar o sonho da maternidade independente podem se inscrever na sétima edição do braço social da rede de apoio “Nós Tentantes, Projeto de Vida”. As selecionadas serão contempladas com uma fertilização in vitro (FIV). A iniciativa existe há quatro anos e tem parceria com a Igenomix Brasil e filiados da plataforma. Os critérios de participação estão disponíveis no site “Nós Tentantes, Projeto de Vida” e as inscrições irão de 1º a 10 de dezembro

Nos dois primeiros anos da pandemia, comparado com 2019, aumentou em 44% o número de mulheres que tentaram engravidar por meio de fertilização in vitro (FIV), aponta o relatório da Autoridade de Fertilização Humana e Embriologia (HFEA, na sigla em inglês), órgão regulador do Reino Unido, que também constatou um aumento expressivo no número de mulheres que estão realizando o congelamento de óvulos e tentando engravidar por FIV sem a necessidade de um parceiro envolvido no processo.

Essa busca, por sua vez, não é possível para todas as mulheres que buscam ser mãe solo. Os principais entraves são barreiras financeiras e ausência de rede de apoio. A boa notícia é que neste mês de dezembro, o Ninho Solidário, braço social do “Nós Tentantes, Projeto de Vida”, única rede de apoio que oferece gratuitamente tratamento de Fertilização in Vitro (FIV) para famílias tentantes que não têm condições de financiar este sonho no Brasil, realiza a última edição de 2023, na qual serão beneficiadas duas mulheres.

Nesta edição, o projeto conta com a parceria do laboratório de genética Igenomix, parte do grupo Vitrolife; Centro de Fertilidade de Ribeirão Preto (CEFERP) e da Vida Fértil-Banco de Sêmen Ltda, que vai disponibilizar uma amostra de sêmen de doador anônimo nacional para FIV (fertilização in vitro), para ser utilizada em um tratamento de reprodução assistida. Juntos, nessa sétima edição do Ninho Solidário, irão beneficiar duas mulheres com a maternidade independente: mamãe solo doadora e mamãe solo receptora com fertilização in vitro (FIV).

“O final do ano é uma época de renovarmos as esperanças e dar oportunidade de duas futuras mamães solo poderem continuar a sonhar é algo que nos alegra imensamente. A maternidade independente é uma linda forma de gerar amor”, afirma Karina Steiger, idealizadora do Ninho Solidário.

Quem pode participar da Sétima edição

Mulheres que desejam realizar o sonho da maternidade independente e que não têm condições de financiar este sonho no Brasil, podem se inscrever na sétima edição do Ninho Solidário. Serão escolhidos dois perfis de mulheres: uma que irá doar seus óvulos (mamãe solo doadora) e outra para a adoção de embrião (mamãe solo receptora). As inscrições podem ser feitas do dia 1º a 10 dezembro de 2023 no site “Nós Tentantes, Projeto de Vida”.

O anúncio das pacientes escolhidas ocorrerá no dia 23 de dezembro de 2023, com horário a ser informado nas redes sociais do Nós Tentantes (horário de Brasília). A divulgação será feita através de uma live, nos perfis das empresas envolvidas, com o casal de ex-tentantes Karina Steiger e Pedro Corbetta, juntamente com as pacientes selecionadas e parceiros envolvidos nesta edição.

Além do ciclo completo de fertilização, as escolhidas também terão acompanhamento nutricional, psicológico e acupuntura. Também está contemplado o teste CGT, a ser oferecido gratuitamente pela Igenomix Brasil. É um exame de compatibilidade genética, que ajuda a identificar o risco de ter um filho com uma doença genética ao dizer se o casal carrega uma ou mais mutações genéticas recessivas. As duas selecionadas terão acesso também ao EmbryoGlue, uma substância rica em hialuronano, que aumenta as chances de gravidez e nascimento quando utilizadas na transferência embrionária. É o único meio de transferência existente com um efeito de melhoria de implantação comprovado, conforme evidenciado em metanálise com quase 7 mil pacientes.

Ninho Solidário

O projeto é uma idealização do casal Karina Steiger e Pedro Corbetta, que após quatro anos de jornada contra a infertilidade, conseguiram gerar o Enrico por meio de ovodoação. Karina tinha 44 anos e a doadora anônima, 28 anos. A conquista fez emergir a vontade de ajudar mais pessoas a realizarem o sonho da maternidade/paternidade, surgindo assim o Ninho Solidário.

Sobre o Nós Tentantes, Projeto de Vida – Idealizado por Karina Steiger e o marido Pedro Corbetta, casal pioneiro no Brasil ao dizer sim à ovorecepção em rede nacional. Após quatro anos de jornada contra a infertilidade, aos 44 anos, Karina conseguiu gerar o Enrico, hoje com quatro anos, com a ajuda de 200 “titios de alma”, que financeiramente ajudaram o casal para a viagem da vida deles: Espanha.

Sobre a Igenomix – A Igenomix é um laboratório de biotecnologia que ajuda no sucesso dos tratamentos de Reprodução Assistida, diagnóstico e prevenção de Doenças Genéticas parte do grupo Vitrolife. Juntamente com clínicas e médicos em todo o mundo, investiga como a medicina de precisão, por meio da genômica, pode salvar vidas. Atuante em mais de 80 países, conta com 25 laboratórios genéticos. Com quase 500 publicações científicas e seis patentes, é um importante produtor de ciência em saúde reprodutiva e genética.

NOTÍCIAS
MAIS LIDAS

Uma em cada dez mulheres no mundo podem sofrer com o problema de saúde De acordo com…
O principal cuidado em relação aos miomas é a realização de exames periódicos, afirma o  especialista em…
Diante do crescimento alarmante dos casos e mortes em 2024, a especialista do Hospital Digital Vitta, do…
Médica da BP conscientiza sobre as características das doenças e os métodos preventivos mais comuns, que envolvem…

CADASTRE-SE PARA RECEBER NOSSA NEWSLETTER E REVISTAS