Ortopedista explica porque as mulheres podem sentir dores na coluna no período menstrual

Bruno Fabrizio explica que alterações hormonais, retenção de líquido e contrações uterinas, são alguns dos motivos das dores nas costas durante a menstruação

Algumas mulheres podem sentir desconfortos na coluna durante a menstruação devido a uma combinação de fatores físicos e hormonais. De acordo com os estudos do Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística (IBOPE) 75% sentem cólicas menstruais, 59% enxaqueca e 46% dor lombar.

O ortopedista Bruno Fabrizio, especialista em cirurgias de coluna, explica que alterações hormonais podem causar o desconforto. “Durante o ciclo menstrual, os níveis de hormônios, como o estrogênio e a progesterona, flutuam. Essas mudanças podem afetar os tecidos e músculos, levando a sensibilidade e dor em várias partes do corpo, incluindo a coluna”, afirma.

Retenção de líquido pode colaborar para o desconforto na região. “Algumas mulheres sofrem com retenção antes e durante a menstruação. Isso pode causar inchaço nas articulações e músculos, o que, por sua vez, pode levar ao desconforto na coluna”, explica.

Fabrizio lembra que durante a menstruação, o útero se contrai para ajudar a eliminar o revestimento uterino. Essas contrações podem causar dor pélvica e irradiar para as costas.

Pacientes que têm endometriose também podem notar o desconforto. “É uma condição em que o tecido que normalmente reveste o útero cresce fora dele, muitas vezes nas áreas ao redor, incluindo a coluna vertebral. Isso pode causar dor crônica nas costas que piora durante a menstruação”, enfatiza.

Algumas mulheres experimentam uma série de sintomas físicos e emocionais antes da menstruação, conhecida como SPM. Isso pode incluir sensibilidade na coluna e dor, de acordo com o ortopedista.

Postura e atividade física também podem colaborar para o surgimento da dor. “Durante a menstruação, as mudanças hormonais e físicas podem afetar a postura e a forma como as mulheres se movem. Isso pode levar a uma tensão muscular que resulta em dor nas costas”, destaca.

Bruno recomenda auxílio médico para solucionar a questão. “Se você está enfrentando dores nas costas significativas ou persistentes durante a menstruação, é aconselhável procurar orientação médica. O especialista pode ajudar a determinar a causa e sugerir tratamentos apropriados, como analgésicos, fisioterapia ou terapias hormonais, dependendo do diagnóstico”, finaliza.

*Bruno Fabrízio é formado pela Faculdade de Medicina de Petrópolis e possui residência em Ortopedia e Traumatologia. É especializado em cirurgia endoscópica da coluna vertebral e procedimentos minimamente invasivos para o tratamento da dor. Foi chefe do serviço de Ortopedia e Traumatologia do Hospital Municipal Lourenço Jorge 2019-2023 e diretor médico do Hospital do Amparo Feminino entre 2020 e 2022. Atualmente, é diretor médico da Clínica Dr Bruno Fabrizio desde 2007. Para mais informações, acesse o instagram.

NOTÍCIAS
MAIS LIDAS

Apenas 47% das pessoas que se declaram bi, lésbicas ou trans se consultam regularmente. Homens trans necessitam…
Como a integração de elementos de design melhora o bem-estar emocional dos pacientes  …
Para a Dra. Waleska de Carvalho, ginecologista e obstetra da AMCR, mudanças sociais e fatores de saúde…
Valores podem chegar a até R$ 50 mil no Brasil, e, mesmo assim, técnica não garante a…

CADASTRE-SE PARA RECEBER NOSSA NEWSLETTER E REVISTAS