Perimenopausa e Menopausa: entenda os sintomas deste período na vida da mulher

Ginecologista Dra. Loreta Canivilo explica diferença, sintomas e tratamentos

Todas as mulheres que menstruam passam pelo processo natural de envelhecimento e vivenciam essa fase de transição entre o período fértil para o infértil. Entretanto, conhecer os sintomas para identificar a chegada dessa fase além de saber os principais sintomas e tratamentos é essencial para continuar com uma qualidade de vida durante todo processo.

O que é perimenopausa?

A perimenopausa é o que acontece com o corpo feminino quando está chegando a menopausa (última menstruação). A ginecologista obstetra Loreta Canivilo explica que: “A perimenopausa é um período de 5 a 7 anos que antecede a menopausa. Um fato marcando nessa fase da vida da mulher e a irregularidade no ciclo menstrual que pode ser precoce (duração do ciclo inferior a 23 dias) ou tardia (duração do ciclo maior a 40 dias) ”.

O que é menopausa?

A menopausa é a fase da vida da mulher em que ocorre a interrupção natural da menstruação, pois os hormônios femininos já não são mais produzidos pelos ovários. A especialista pontua que uma mulher entra na menopausa após a ausência consecutiva da menstruação por 12 meses. Situação que costuma ocorrer entre 45 e 55 anos, marcando assim, o fim da fase reprodutiva.

Sintomas

Alguns sintomas que a especialista cita que mulheres podem sentir nesse período da vida:

  • Alterações menstruais
  • Calor intenso e abrupto
  • Redução da libido
  • Sudorese noturna
  • Problemas para dormir
  • Mudanças de humor
  • Períodos de ansiedade e depressão
  • Diminuição da autoestima
  • Ganho de peso
  • Desaceleração do metabolismo
  • Diminuição do tamanho dos seios
  • Pele seca e cabelos mais finos
  • Secura vaginal
  • Diminuição da elasticidade da pele

Tratamento

Os tratamentos para passar por essa fase da vida são diversos, e varia de acordo com cada mulher. A médica Loreta Cavinilo evidencia que não existe jeito certa ou errado e sim, o que se enquadra melhor para cada paciente.

Se existe um quadro de sangramento em grande volume acarretado de cólicas e em um período curto, por exemplo, o recomendado é a Gestrinona, que bloqueia a menstruação. Uma outra abordagem é utilizar um anticoncepcional adequado para essa fase da vida da mulher.

Em contrapartida, uma outra possibilidade para quem não quer utilizar hormônio, é recorrer aos anti-inflamatórios que auxiliam na diminuição do ciclo, ou também, utilizar a progesterona natural, que auxilia na redução dos sintomas desse período e contribui no diagnóstico.

Qualidade de vida

Para manter a qualidade de vida mesmo neste período, Loreta dá algumas dicas fundamentais:

  • Beba bastante água;
  • Use roupas leves;
  • Pratique exercícios regularmente para fortalecer os músculos;
  • Evite o tabagismo e alcoolismo;
  • Opte por refeições mais leves e mais frequentes;
  • Tome sol e use protetor solar.

Estas medidas contribuirão para a melhoria do bem-estar e prevenção de doenças.

Sobre a Dra. Loreta Canivilo

Dra. Loreta Canivilo é ginecologista, obstetra e ginecoindócrino, formada pela Faculdade de Medicina ABC.  A médica também é especialista em assuntos relacionados a reposição hormonal, estética íntima e tratamentos de doenças do útero e endométrio.

NOTÍCIAS
MAIS LIDAS

Considerada a segunda doença mais frequente entre mulheres na sua fase reprodutiva, endometriose pode levar até sete…
Uma em cada dez mulheres no mundo podem sofrer com o problema de saúde De acordo com…
O principal cuidado em relação aos miomas é a realização de exames periódicos, afirma o  especialista em…
Diante do crescimento alarmante dos casos e mortes em 2024, a especialista do Hospital Digital Vitta, do…

CADASTRE-SE PARA RECEBER NOSSA NEWSLETTER E REVISTAS