Qual a importância das vitaminas para a saúde reprodutiva? Ginecologista explica

Aproximadamente 15% dos casais inférteis possuem níveis baixos de vitamina D

As vitaminas são compostos orgânicos essenciais para o funcionamento adequado do organismo humano. Elas são micronutrientes necessários para uma variedade de processos metabólicos, assim como para o crescimento e desenvolvimento. Porém, elas não são produzidas pelo corpo em quantidades suficientes e geralmente precisam ser obtidas através de dieta.

Dentre os processos em que as vitaminas atuam no corpo, está relacionado a qualidade da saúde reprodutiva, tanto de homens, quanto de mulheres. De acordo com o estudo Vitamin D and Miscarriage: A Systematic Review and Meta-Analysis – Fertility And Sterility, aproximadamente 15% dos casais inférteis possuem níveis baixos de vitamina D.

Ana Clara Pontes, médica ginecologista da Associação Mulher, Ciência e Reprodução Humana do Brasil (AMCR), comenta: “Bons níveis de vitamina D antes de engravidar estão associados ao aumento da taxa de gestação e diminuição da taxa de abortos”.

Ela ajuda, tanto na formação da placenta, como na implantação do bebê. Segundo a médica, os baixos níveis de vitamina D podem influenciar em complicações obstétricas, como aumento de pressão, trabalho de parto prematuro e até mesmo diabetes gestacional.

O ácido fólico, uma forma sintética da vitamina B9, também é um aliado da saúde gestacional. Ele é encontrado em uma variedade de alimentos naturais, como por exemplo vegetais folhosos verde-escuros, como espinafre, couve, alface romana e rúcula.

“Ele está envolvido no processo de formação do sistema nervoso do bebê. Quando temos baixos níveis de ácido fólico, muitas vezes, a criança pode nascer com malformações do tubo neural”, afirma Ana Clara Pontes.

Já a vitamina E tem o papel de proteger os espermatozóides, melhorar o útero para implantação e reduzir o risco de aborto. Uma deficiência dessa vitamina pode levar a outros problemas de saúde, como fraqueza muscular, problemas de visão e comprometimento do sistema imunológico.

A Dra. Andrea Barrueco, também médica ginecologista associada à AMCR, diz: “A vitamina E é responsável por agir no equilíbrio hormonal, reduzir danos do DNA e pode ser encontrada em óleos vegetais, frutas como o abacate e em peixes, sendo o salmão e a truta os mais interessantes para a obtenção dela”.

No caso da vitamina C, ela também tem um papel fértil. Para os homens, protege os espermatozóides contra danos e age na manutenção da motilidade e integridade do mesmo. Para as mulheres, não só ajuda na absorção de ferro, mas também é importante para um sistema imunológico robusto e para a produção de hormônios sexuais.

“É importante frisar que nada substitui uma alimentação balanceada e uma boa qualidade de sono, isso é fundamental para a fertilidade. O estresse, a poluição e o cigarro podem provocar danos em nossas células reprodutoras e as vitaminas agem como protetores ao desempenhar um papel preventivo”, ressalta e finaliza a Dra. Andrea Barrueco.

Sobre a Associação Mulher, Ciência e Reprodução Humana do Brasil (AMCR)

A AMCR – Associação Mulher, Ciência e Reprodução Humana do Brasil – é uma entidade sem fins lucrativos, suprapartidária. Fundada em março de 2021, pela médica ginecologista, Prof. Dra. Marise Samama, possui 47 associadas, pós-graduadas da área da saúde, distribuídas em todas as regiões do Brasil. A associação é fruto da vontade dessas mulheres (cientistas, médicas, biomédicas e profissionais de saúde), que defendem a igualdade de oportunidade entre gêneros, reconhecimento e valorização da mulher e da ciência e atuação das mulheres nas áreas de saúde feminina e Reprodução Humana. Para saber mais informações, acesse o site.

NOTÍCIAS
MAIS LIDAS

* Por Cadu Lopes O setor da saúde está em constante evolução, seja por conta dos rápidos…
Padrão cultural faz com que eles desenvolvam condições que poderiam ser revertidas Homens vão menos ao médico…
Ginecologista especialista em menopausa explica a diferença entre fim de menstruação e estar na menopausa A histerectomia…
Idealizado por Karina Steiger, mamãe por ovodoação, o Nós Tentantes, Projeto de Vida percorre cidades brasileiras com…

CADASTRE-SE PARA RECEBER NOSSA NEWSLETTER E REVISTAS