Sexo sem proteção pode aumentar o risco de infertilidade

Transmissão de infecções sexuais pode comprometer a fertilidade de homens e mulheres. Diagnósticos se aproximam de um milhão por ano

Uma série de infecções que acometem o aparelho reprodutor masculino e feminino pode evoluir para quadros clínicos mais graves, em que a capacidade reprodutiva acaba comprometida[i]. São muitas as chamadas infecções sexualmente transmissíveis (ISTs), que juntas alcançam em torno de 1 milhão de casos diagnosticados, segundo a última Pesquisa Nacional de Saúde (PNS), realizada em parceria com o Ministério da Saúde e o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE)[ii].

Muitas infecções têm evolução silenciosa, sem sinais e sintomas nas fases iniciais. Mesmo assintomáticas, elas podem ser transmitidas em relações desprotegidas, sem uso de preservativos masculino ou feminino. “Caso a pessoa tenha uma relação desprotegida, ela deve avaliar com seu médico a necessidade de exames para a detecção precoce de ISTs. Quanto antes o tratamento, melhor a chance de não comprometer a fertilidade”, explica a Dra. Maria do Carmo Borges de Souza, ginecologista com área de atuação em reprodução humana e ex-presidente da Red Latinoamericana de Reproducción Asistida (Redlara).

As infecções por clamídia estão entre as IST mais comuns em todo o mundo. Causada pelo germe Chlamydia trachomatis, ela pode afetar homens e mulheres. Quando não tratada, pode resultar nas mulheres em Doença Inflamatória Pélvica (DIP) e levar à infertilidade, devido à obstrução ou aderências nas trompas, e até aumentar o risco de gestação ectópica (gravidez fora do útero)[iii].

Nos homens, pode provocar orquite, que é a inflamação dos testículos, também com risco de interferir na produção de espermatozoides. Entre os principais sintomas estão a ardência ao urinar, corrimento uretral com a presença de pus e dor nos testículos[iv].

Outra IST comum é a gonorréia, causada pela bactéria Neisseria Gonorrheae. Assintomática em 80% dos casos, ela acomete principalmente a uretra. Nos homens, a gonorréia atinge o testículo e o epidídimo (estrutura responsável pelo armazenamento dos espermatozoides), enquanto nas mulheres pode chegar ao útero, às tubas uterinas e aos ovários, se tornando fator de risco para infertilidadeii.

Dor ou ardor ao urinar, incontinência urinária, corrimento braco-amarelo e vontade frequente de urinar são os sintomas mais frequentes. “O tratamento para clamídia e gonorréia é realizado com antibióticos”, destaca a ginecologista. Quando administrados corretamente, é possível erradicar a bactéria por completo do organismo.

Além das ISTs citadas, outras enfermidades podem apresentar feridas, corrimentos e verrugas anogenitais. São elas: herpes genital, sífilis, tricomoníase e infecção pelo Papilomavírus Humano (HPV). O uso de preservativos nas relações sexuais é o método mais eficaz para evitar o contágio de infecções, preservando a saúde e a fertilidade[v].

Sobre a Ferring 

A Ferring é um grupo biofarmacêutico especializado, líder em medicina reprodutiva e saúde materna, gastroenterologia e urologia. Desde 1950, a companhia tem como compromisso ajudar pessoas a construir famílias e a terem uma vida melhor, por meio de soluções inovadoras e desenvolvimento de novas terapias. 

Com aproximadamente 6.500 funcionários em 56 países, além da distribuição em 110 países, a empresa global trabalha arduamente para fornecer soluções de saúde personalizadas, integrando produtos farmacêuticos com diagnósticos, dados, dispositivos, educação e serviços de suporte para otimizar os resultados de saúde, sempre orientada pela ciência e confiança no poder da pesquisa. 

Com seu comprometimento na causa humana, a Ferring conta com uma responsabilidade social ampla, que conduz os negócios de forma a maximizar os impactos positivos nas comunidades em que atua. Conduz iniciativas que podem fazer a diferença na saúde e na qualidade de vida das pessoas, hoje e amanhã, por meio de parcerias e compartilhamento de conhecimento, como a colaboração com organizações no combate à mortalidade materna. 

Link

NOTÍCIAS
MAIS LIDAS

* Por Cadu Lopes O setor da saúde está em constante evolução, seja por conta dos rápidos…
Padrão cultural faz com que eles desenvolvam condições que poderiam ser revertidas Homens vão menos ao médico…
Ginecologista especialista em menopausa explica a diferença entre fim de menstruação e estar na menopausa A histerectomia…
Idealizado por Karina Steiger, mamãe por ovodoação, o Nós Tentantes, Projeto de Vida percorre cidades brasileiras com…

CADASTRE-SE PARA RECEBER NOSSA NEWSLETTER E REVISTAS